LISTA DA CGU MOSTRA QUAIS SÃO AS 25 EMPRESAS MAIS “ÉTICAS E ÍNTEGRAS” DO PAÍS

Companhias são reconhecidas pela prevenção e combate à corrupção

 Agência O Globo
[16/11/2016]
O Ministério da Transparência, Fiscalização e Controladoria-Geral da União divulgou, nesta quarta-feira (16), uma lista com os nomes das 25 empresas mais éticas e íntegras nas relações entre os setores público e privado. As companhias foram reconhecidas “por relevantes instâncias governamentais e da sociedade civil”, informou a pasta, durante a 3ª Conferência Lei da Empresa Limpa.

A escolha se deu no âmbito do programa Pró-Ética, criado em 2010 em parceria com o Instituto Ethos. O objetivo é incentivar nas corporações a adoção de políticas e ações necessárias para se criar um ambiente íntegro, que reduza os riscos de ocorrência de fraude e corrupção.

Confira abaixo quais são as empresas vencedoras deste ano:

  • ABB Ltda
  • 3M do Brasil
  • Alphatec S.A.
  • Banco do Brasil
  • Banco Santander Brasil
  • Câmara de Comercialização de Energia Elétrica (CCEE)
  • Chiesi Farmacêutica Ltda.
  • Companhia Siderúrgica Nacional (CSN)
  • Dudalina S.A.
  • Duralex S.A.
  • EDP Energias do Brasil
  • Elektro Redes S.A.
  • Enel Brasil S.A.
  • Granbio Investimentos S.A.
  • ICTS Global
  • Itaú Unibanco
  • JLL Ltda.
  • Microsoft Informática Ltda.
  • Natura Cosméticos S.A.
  • Neoenergia S.A.
  • Nova/SB Comunicação Ltda.
  • Radix Engenharia e Desenvolvimento de Software S.A.
  • Serasa Experian
  • Siemens Ltda.
  • Tecnew Informática

Uma das constatações do governo é que a aplicação da legislação pelo Ministério da Transparência na investigação e punição de empresas – inclusive no âmbito da Operação Lava Jato – tem gerado reflexos no ambiente de negócios brasileiro. A possibilidade de sofrer prejuízos financeiros (multa sobre o faturamento e declaração de inidoneidade) e eventuais danos à imagem, quando comprovada a prática de ilícitos contra a Administração Pública, provocou um aumento significativo na demanda de empresas por orientações sobre como implementar medidas de integridade e transparência no ambiente corporativo, informou o ministério.

Benefícios

Entre os benefícios para as empresas que participam da iniciativa Pró-Ética estão: reconhecimento público do comprometimento com a prevenção e combate à corrupção; publicidade positiva para empresa aprovada que figure na lista; avaliação do Programa de Integridade por equipe especializada; relatório com a análise detalhada de suas medidas de integridade e com sugestões de aprimoramento.

“Não é concedido à empresa incluída no Pró-Ética tratamento diferenciado nas suas relações com a Administração Pública. Trata-se de um compromisso com a ética empresarial, assumido voluntariamente pelas corporações, o qual indica que a empresa se esforça para colocar em prática medidas internas que reduzam a probabilidade de ocorrência de ilícitos e desvios e, quando eles ocorrem, garantam a detecção e interrupção desses atos, de forma célere, e a remediação de seus efeitos adversos”, diz uma nota do Ministério da Transparência.

De acordo com o órgão, encontra-se em estudo uma proposta de decreto para que empresas aprovadas no Pró-Ética recebam uma pontuação extra nos processos licitatórios junto ao Governo Federal.

Metodologia

O período de inscrições para o Pró-Ética 2016 ocorreu entre março e maio deste ano. No total, 195 companhias, de diversos portes e ramos de atuação, manifestaram interesse em participar da avaliação. O número é 101% superior à edição de 2015 e recorde histórico no comparativo dos últimos seis anos.

Do total de empresas inscritas, 91 enviaram o questionário devidamente preenchido. Após análise preliminar, 74 companhias cumpriram os requisitos de admissibilidade e foram avaliadas – aumento de 125% em relação ao ano passado. Ao final, 25 foram aprovadas.

Fonte: http://www.gazetadopovo.com.br/economia/lista-da-cgu-mostra-quais-sao-as-25-empresas-mais-eticas-e-integras-do-pais-4y74wmkwxm2tp5axnilkb7f86