Consumidor e E-Commerce

Consumidor e E-Commerce

Questões envolvendo consumidores não se limitam aos resultados obtidos em ações judiciais – no senso comum os consumidores são frequentemente beneficiados como consequência da disposição de lei e do entendimento dos Tribunais quando à sua vulnerabilidade –, mas na imagem da empresa perante o mercado e perante o próprio Poder Judiciário. Assim, mais do que ganhar ou perder uma demanda judicial, a empresa fornecedora precisa estar atenta às suas práticas e ao tratamento dado às reclamações consumeristas, em especial diante da dimensão que insatisfações ganham na internet e redes sociais. Cientes desta realidade, na qualidade de advogados de fornecedores estamos sempre voltados a oferecer treinamentos e criar procedimentos preventivos de demandas, de reclamações e de insatisfações dos consumidores, atendendo tanto ao próprio consumidor como criando uma imagem de integridade de conduta perante o Poder Judiciário quando a questão é tratada judicialmente. As transações por e-commerce ganham relevo a partir da Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD). No entanto, a inobservância e o descuido com a proteção dos dados dos consumidores ultrapassam o risco de vultosas multas administrativas e alcançam consequências previstas em normas de Direito do Consumidor, Direito Administrativo, Direito Civil e outros temas de Direito Digital. Nossa equipe multidisciplinar, experiente com empresas que atuam com e-commerce, é apta a atender todas as peculiaridades para evitar ou minorar problemas com transações comerciais eletrônicas.

Artigos Relacionados

15 de Outubro | Notícias
por Marcelo Flores

A importância da consultoria jurídica para pequenas empresas

Saiba mais sobre a importância da consultoria jurídica para pequenas empresas e conheça as vantagens de investir nesse serviço....
04 de Outubro | Notícias
por Marcelo Flores

Joint Venture: uma estratégia de crescimento em tempos de crise

Saiba o que é Joint Venture e quais as vantagens e desvantagens deste tipo de negócio, considerado uma estratégia de crescimento em tempos de crise....
24 de Setembro | Artigos
por Rafael Reis

Regulamentação da LGPD para empresas de pequeno e médio porte e startups: entenda as mudanças.

A LGPD entrou em vigor em 18/09/2020, com o objetivo de proteger os direitos fundamentais de liberdade, privacidade e o livre desenvolvimento da personalidade da pessoa natural....

Fale Conosco

Entre em contato pelo telefone (41) 3252.1052 ou envie sua mensagem pelo formulário ao lado.

Apenas arquivos PDF, DOC ou DOCX